quarta-feira, 13 de maio de 2009

Boca Lacrada

Hoje não é segunda-feira, mas resolvi começar a dieta. Sim, estou bem empolgada, e com um pouco de fome, claro. Fui ao endocrino na segunda: ela me receitou um medicamento, uma bola, claro. Sei que essas porcarias fazem mal, mas preciso de um estimulo para emagrecer. E isso só acontece com rapidez. Minha meta é secar, ao menos, 6 quilos em um mês. Não vou postar meu peso (isso é segredo de estado!), mas posso confirmar isso em junho. Só de pensar em estar magra, fico tão feliz!
Meu cardápio do dia

Café da manhã: leite desnatado e café com adoçante + uma fatia de pao light com margarina light
Almoço: uma linguiça, beringela refogada e salada de brócolis + um copo de suco de maracuja sem açúcar.
Lanche da tarde: leite desnatado com achocolatado diet +uma fatia de pao light com requeijão light
Jantar: duas almondegas e salada verde + uma laranja.

Estou com fome e vou tomar um chá de alcachofra... Eccaaa...rs... Espero que o remédio não me dê insônia... Acho dificil, pois ainda estou sem sono.

Fim da saga

Genteeee, consegui achar um vestido para o casório. Um look bem retrô, do jeito que adoro. Vestido em A em tafetá ouro velho (sem muito brilho), na altura dos joelhos, com uma máxi gola. Adorei! O sapato preto com pedras bordadas é da Huis Clos, arrematado no bazar...rs...
Estou feliz agora! :)

Cada uma...

Recebo tanta pauta por e-mail, umas absurdas, confesso. Ontem me admirei com a sugestão: Festa do divórcio. Achei, pelo menos, engraçado. Em tempos que na minha vida o assunto é casamento...rs... Detalhe: o tal evento vai ser no dia do meu enforcamento, ops, casamento.

Só não entendi o propósito dessa pauta. Será uma revolta com o ex-marido, uma afronta ou então, estar disponível no mercado?

Festa do divórcio: moda estrangeira chega ao Brasil

Se todo casamento tem uma festa, por que não realizar também uma ‘FESTA DO DIVÓRCIO?’ Foi com este pensamento que a assessora de imprensa Meg Sousa resolveu celebrar esta nova fase de sua vida: a liberdade, após estar casada por quase quatro anos. Graças aos seus ‘amigos parceiros’, a idéia de uma festa íntima se transformou em um mega evento, que coincidentemente, ou não, o mês escolhido para esta comemoração foi maio, afinal, é o mês mais esperado pelas noivas e pela Meg, que diz “noivado, casamento e divórcio tem tudo a ver”.

Aproveitando a oportunidade, todos os convidados deverão doar um agasalho, que será encaminhado para a instituição Menino Jesus de Praga, localizado em São Carlos, pois realizar uma ação social deveria ser colocado em prática por todos que promovem um evento. “Esta é uma das formas de ajudar quem realmente precisa, e cada um pode fazer sua parte”, declara Meg.

Com isso, a nova solteira do pedaço conseguiu diversos parceiros que proporcionaram a organização desta festa, como a MF7 Eventos, que deu o start sendo a responsável principal pela organização ; a MKT House, assessoria de imprensa, pela divulgação; a empresa Pepe Flores irá decorar o ambiente; o Atelier Verde Lilás, que confeccionará as lembrancinhas com os doces intitulados ‘bem-separados’ em parceria com a Olla, que doou preservativos para presentear os convidados; toda a comunicação visual será elaborada pela Aeté Produção Visual; o convite virtual e o hot site foram desenvolvidos pela Por Extenso; a Joy Club disponibilizou o espaço; e o mais novo cabeleireiro do Studio W do Iguatemi, Ítalo Salicio, produzirá a anfitriã.

O buquê será confeccionado pela artista plástica Wania Rodrigues e a recordação desta celebração ficará por conta da AeG Fotografias e a Max Digital que realizarão a fotografia e filmagem, respectivamente.

O traje da festa não poderia ser outro se não ‘Fantasia’, despertando a criatividade de todos. Para isso, a loja Rosana Fantasias dará 10% de desconto no aluguel dos trajes para os convidados que optarem pela empresa e o Atelier irá sortear uma cesta sensual. Para relaxar, a clínica de estética L’opera irá disponibilizar Quick Massage, no Espaço Zen, a todos os presentes e ainda realizará sorteios de pacotes de estética.

O mega evento da Meg acontecerá dia 23 de maio, a partir das 22h, na Joy Club localizado na Vila Madalena, com muito pop rock, a banda principal ‘Usina’, composta por artistas que participaram do programa musical do SBT, Astros, trará diversão para o início da festa. O vocalista Emerson Keiróz, inclusive, tocou no dia do casamento da Meg e não poderia ficar de fora do descasamento.

Dando continuidade à festa, ainda haverá apresentação da banda de flashback Eletrocooler e também uma das mais esperadas atrações da noite, o DJ Marcos Freitas, do Programa Energia na Véia, da 97 FM, com as melhores músicas das baladas dos anos 70, 80 e 90. Para encerrar a noite com grande estilo, quem comanda a pista é o DJ Fernando Veloso, com os hits mais atuais da noite paulistana.

O casamento é uma das coisas mais desejadas pela mulher, pois representa o começo de uma nova vida, afinal, “eu não posso criar um novo início daquilo que já passou, mas vou começar hoje a traçar um novo final”, afirma Meg.

www.festadodivorcio.com.br

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Amor incondicional


Fiquei pensando o que é ser uma boa mãe. A melhor mãe do mundo é, sem dúvidas, a minha. E me inspiro nela para educar e amar os meus filhos. Minha mãe se dedicou integralmente para os filhos (eu e mais dois irmãos) e confesso que gostaria de ser como ela. Antes de me tornar mãe, eu e ela não tínhamos, digamos, tanta intimidade. Na verdade, brigávamos a toa, ela não me entedia. O motivo disso? Somos iguais, temos o mesmo gênio; difícil por sinal. Daí vem as constantes encrencas. Hoje continuamos brigando, às vezes, mas somos amigas. Descobri que ela podia ser minha best friend.


Eu como mãe, muitas vezes, erro – e feio. Dou broncas sem necessidade, perco a paciência, mas sei que no fundo faço isso pensando no bem dos meus filhos. O Guilherme tem 5 anos e é um amor de criança. Posso encher a boca e dizer: meu filho é lindo por dentro e por fora. Tem um coração enorme, é carinhoso, família, amigo, protetor... Ele veio ao mundo para alegrar minha vida, para me fazer pensar no que é a vida, de fato. Ele é meu porto-seguro, meu bálsamo da sorte... Como amo esse meu filho... E vejo como ele me ama, me protege, se preocupa por mim...


Mal sabe ele o quanto eu me preocupo com ele... Mas, às vezes, meu excesso de proteção acaba indo por água a baixo: ele me mostra que não é nada frágil, que não precisa de cuidados excessivos. Ele é feliz com que tem, com a família que conquistou, com os amigos da escola... Daí, penso: “nossa, como sou boba!”. E sei que tudo isso é coisa de mãe!


A Giovanna também veio ao mundo sem pedir licença, assim como seu irmão. A nossa princesinha é tão amada! E mais uma vez, Deus me deu um filho lindo e saudável para eu aprender! Outra lição de vida. E que lição de casa...rs... Ela é doce, boazinha, ainda um bebê de 7 meses, mas já posso imaginar o quanto será querida por todos. Ela veio ao mundo com a missão de me unir com o pai, o Rogério, e fazer a nossa GRANDE FAMILIA uma FAMILIA FELIZ. Tenho ainda um enteado, de 9 anos, que a cada quinzena, exerço meu poder de mãe com ele. Confesso que o carinho fica um pouco travado, por parte dele, mas sei o quanto ele precisa de carinho extra, de atenção...


Meu Dia das Mães foi maravilhoso. Senti que ontem minha vida deu um novo start. Começou ali, novamente.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

A tarde de compras...

...foi uma frustração. Explico: ontem recebi um email da marca Huis Clos, a qual está liquidando peças da coleção passada com 90% de desconto. Me empolguei, claro. Afinal, não é sempre que temos essa boiada. E além disso, estou procurando um bendito vestido para colocar do dia do casório. E lá seria perfeito, já que a marca tem peças sofisticadas com um quê contemporâneo.

Não está nada facil encontrar um look casório... É inverno e as vitrines só exibem modelitos preto, cinza, beringela, cereja... Nada de tons pastéis, delicados, como eu procuro. Pensei num azul, pode até ser turquesa, pq amo essa cor.

Bem, lá na Huis Clos bati o olho na arara e vi um lindo vestido longuete TURQUESA com pedras. O máximo! Não era over para uma cerimônia de civil, mas era chique. Tudo era espetacular: o tecido, o acabamento, o bordado das pedras, o forro... O defeito dele? A futrura compradora, no caso, EUZINHA! Que decepção.
Fiquei enorme de gorda! Não ficou justo, ao contrário, mas ele tinha umas preguinhas que me deixaram um balão. Resultado: sai de lá só com um par de sapatos, maravilhosa por sinal, porém muito deprimida. Pensei em até adiar o casório, pra ter a chance de emagrecer e ficar bonita. Mas depois da raiva, vi que isso é um absurdo...*rs*

Vou em outra loja, não é possível que nada fique bom. Alguém tem sugestões?
OBS: Para quem está magrinha e uso 38, a loja da fábrica da Huis Clos é incrível. A venda especial vai até dia 9. Preços de 20, 50 reais... Anote o endereço: Rua do Bosque, na Barra Funda.

Save the date

Vou me casar no dia 23 de maio, um dia depois do meu aniver - vou completar 29 anos. Estou super ansiosa. Optamos por algo mais intimista: a cerimônia do civil seguido de almoço com a família. Fechamos um restaurante super aconchegante, ali na Vila Olímpia, dentro de um flat. Ontem fomos até lá definir os detalhes: cardápio, bebidas, décor...

Confesso que estou com medo da nova fase, mas também muito ansiosa. Quero muito que dê certo. Eu e o Rogério estamos há 4 anos juntos e o casamento sempre esteve em nossos planos. Mas isso nunca saia do nosso imaginário. Depois do nascimento da Giovanna, nos pressionamos: começou a obra da nossa casa, compramos eletrodomésticos, coisas para o nosso lar doce lar.

Agora, tudo isso está a um passo para acontecer. E, sem querer, recebi um texto ótimo de Arnaldo Jabor. Já havia lido, mas agora caiu como uma luva. É uma idéia ótima para quem é casado ou pensa em casar, assim como eu.
E agora?Casar-se de novo?
Por Arnaldo Jabor

"Meus Amigos separados não cansam de perguntar como consegui ficar casado 30 anos com a mesma mulher. As mulheres sempre mais maldosas que os homens, não perguntam à minha esposa como ela consegue ficar casada com o mesmo homem, mas como ela consegue ficar casada comigo.

Os jovens é que fazem as perguntas certas, ou seja, querem conhecer o segredo para manter um casamento por tanto tempo. Ninguém ensina isso nas escolas, pelo contrário. Não sou um especialista do ramo, como todos sabem, mas dito isso, minha resposta é mais ou menos a que segue:

Hoje em dia o divórcio é inevitável, não dá para escapar. Ninguém agüenta conviver com a mesma pessoa por uma eternidade. Eu, na realidade já estou em meu terceiro casamento - a única diferença é que casei três vezes com a mesma mulher. Minha esposa, se não me engano está em seu quinto, porque ela pensou em pegar as malas mais vezes que eu.

O segredo do casamento não é a harmonia eterna. Depois dos inevitáveis arranca-rabos, a solução é ponderar, se acalmar e partir de novo com a mesma mulher. O segredo no fundo é renovar o casamento e não procurar um casamento novo.

Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos no dia-a-dia do casal. De tempos em tempos, é preciso renovar a relação. De tempos em tempos é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar, seduzir e ser seduzido. Há quanto tempo vocês não saem para se divertir, um jantar romântico, um fim de semana só de vocês ?

Há quanto tempo você não tenta conquistá-la ou conquistá-lo como se seu par fosse um pretendente em potencial? Há quanto tempo não fazem uma lua-de-mel, sem os filhos eternamente brigando para ter a sua irrestrita atenção?

Sem falar dos inúmeros quilos que se acrescentaram a você depois do casamento. Mulher e marido que se separam perdem 10 kg em um único mês - por que vocês não podem conseguir o mesmo? Faça de conta que você está de caso novo.

Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a freqüentar lugares novos e desconhecidos, mudaria de casa ou apartamento, trocaria seu guarda-roupa, os discos, o corte de cabelo, a maquiagem.

Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe de seu cônjuge. Vamos ser honestos: ninguém agüenta a mesma mulher ou o mesmo marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas.

Muitas vezes não é a sua esposa que está ficando chata e mofada, é você, são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração. Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente um dos prazeres da separação.

Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro, um novo circuito de amigos. Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso. Basta mudar de lugares e interesses e não se deixar acomodar. Isso obviamente custa caro e muitas uniões se esfacelam porque o casal se recusa a pagar esses pequenos custos necessários para renovar um casamento. Mas se você se separar sua nova esposa vai querer novos filhos, novos móveis, novas roupas e você ainda terá a pensão dos filhos do casamento anterior.

Não existe essa tal 'estabilidade do casamento' nem ela deveria ser almejada. O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos. A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma 'relação estável', mas saber mudar junto.

Todo cônjuge precisa evoluir, estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensado em fazer no inicio do casamento. Você faz isso constantemente no trabalho, porque não fazer na própria família? É o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo.

Portanto descubra a nova mulher ou o novo homem que vive ao seu lado, em vez de sair por aí tentando descobrir um novo interessante par. Tenho certeza que seus filhos os respeitarão pela decisão de se manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos apesar das desavenças.

Brigas e arranca-rabos sempre ocorrerão: por isso de vez em quando é necessário casar-se de novo, mas tente fazê-lo sempre com o mesmo par."

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Tempo pra mim!


É fato: minha auto-estima está lá em baixo! Ou melhor, não há auto-estima. Na verdade, a guerra está com o espelho, pois a imagem que ele reflete nada me agrada. Engordei um montão de quilos quando engravidei da Giovanna. A culpa é só minha, claro. Quem mandou comer tanto, né! Foram somados cerca de 17 quilos para o meu desespero!


Depois que ela nasceu perdi 11 e restou esses quilos a mais. Desde então, não vivo em paz com o espelho. Tenho constantes crises de mim mesma: choro, grito, me deprimo... E isso já vem acontecendo há algum tempo. Ontem acordei com fome de mudança. Resolvi que preciso mudar, sacodir geral, levantar poeira... E fiz isso. Desmarquei uma reunião, deixei o Gui na escola e a Giovanna com minha mãe e fui ao salão de beleza. Sai de lá mais animadinha, com o cabelo lindo e as unhas bem feitas. Agora me sinto feliz! :)
Hoje, buscando um artigo para publicar em uma revista que faço, li um texto do médico Rolando Zani que diz sobre exatamente isso. Já tive a experiência de entrevistá-lo para uma revista (não lembro agora), mas sei que aquele bate-papo foi um verdadeiro ensinamento.

O caminho é acreditar em você
A maioria das mulheres precisa aprender a assumir a sua beleza. Mas, se você acha que a sua aparência não tem mesmo jeito, acalme-se. Para tudo há uma solução. Mesmo quando você se sente em desvantagem frente às outras mulheres.

Por que aquela mulher faz tanto sucesso e eu não? Não é justo! O que ela tem que eu não tenho? Muito provavelmente, ela tem apenas mais disposição para cuidar da própria beleza do que você. E não importa muito aqui se a outra tem melhores atributos naturais do que os seus.

A grande verdade é que, quando a mulher não sabe como realçar seus dons de beleza, nem como torná-los vistosos − ou simplesmente não quer fazê-lo −, não é páreo para uma pessoa mais bem cuidada e produzida.

Comparar-se negativamente com outras mulheres é um passaporte para o inferno mental. Na realidade, na maioria das vezes, as mulheres não se arrumam para encantar os homens, mas sim para competir com outras mulheres. E quando você entra em competição, ou você é muito mais você, ou fatalmente vai sair dela sentindo-se muito mal.

Então, vamos começar trabalhar a seu favor. De início, quero lhe dar algumas dicas bem básicas, mas que lhe darão algum fôlego durante a sua caminhada para realizar a sua beleza. A primeira imagem é a que fica – isso vale também, e principalmente, para quando você se olha no espelho pela manhã.
A primeira imagem sua que você vê tende a ser a que irá carregar pelo resto do dia. Se você gosta dessa imagem, ótimo. Porém, se você não gosta do que vê nesse momento, faça algo para mudar o seu visual. Mude o penteado, passe um batom diferente, dê um retoque novo na maquiagem. Depois, respire fundo, feche os olhos e só então volte a olhar-se no espelho, procurando gravar em sua mente essa nova imagem, mais bonita e agradável. Tenha a certeza de gostar de você ao sair de casa. Afinal, se você não gostou da sua imagem, o que pode esperar dos outros?
A melhor roupa para usar no trabalho – caso você se sinta deslocada em seu trabalho com relação ao modo que se veste, mude-o. Converse com uma amiga que você admira por saber se vestir bem e aprenda a cuidar melhor de você. Adapte o seu vestuário de acordo com as dicas que receber e passe a cuidar com mais atenção dos detalhes que a fazem sentir-se mais atraente. Você se sentirá mais aceita e, portanto, sua auto-estima vai melhorar. Isso é parte fundamental quando você quer tornar-se mais atraente e mais bonita.

Sua pele reflete a sua saúde – e, é claro, dá mais beleza ao seu corpo. Por isso, se você tem a pele ressecada e sem vida, significa que você não tem regado devidamente a flor. Procure usar diariamente um creme hidratante e tome muito líquido, como água, chás descafeinados e refrescos naturais. Seu organismo vai funcionar melhor e sua pele irá refletir isso imediatamente. Use também filtros solares diariamente, caso se exponha ao sol com freqüência.

Sentindo-se pesada e indisposta – procure adotar uma alimentação mais saudável e coloque um pouco mais de movimento em sua vida. Coma melhor e se mexa mais. Além de sua disposição e sua agilidade melhorarem, com certeza você ficará mais esbelta e sensual.

Olhe para o lado alegre da vida – quando você está de bem com a vida, seu corpo todo reflete isso. Em qualquer situação, sempre existe a possibilidade de encontrar algo positivo. Tudo tem uma razão de ser e tudo passa no seu devido tempo. Por isso, não leve a vida tão a sério. Relaxe, divirta-se, ria mais. Seja mais feliz. A beleza é muito mais evidente em quem é alegre e demonstra felicidade. Quando você cuida carinhosamente dos quatro aspectos da sua beleza – o físico, o emocional, o intelectual e o espiritual –, torna-se uma mulher inteiramente bela, como sempre quis ser.

Você já sabe que usar o seu potencial maravilhoso de beleza para tornar-se mais bonita significa, antes de tudo, reconhecer a mulher bela que o seu espelho reflete. Depois, com base da declaração de beleza que o espelho dá a seu respeito, acreditar mais em você mesma e continuar investindo em aprimorar a sua aparência.

Quando você gosta do modo como se vê, ganha forças para melhorar ainda mais. O espelho mostra como você está naquele momento, mas ainda é você quem determina o que pode e quer ser.
Rolando Zani é cirurgião plástico, professor e autor do livro Não tenha vergonha de ser bonita, pela Editora Gente.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Resistência

Há muito tempo sinto vontade de ter (novamente) um blog. Antes do Gui nascer, em 2002, eu tinha um e adorava fazer isso. Naquela época, meu endereço era até estrelado e vivia em destaque da home do site. Mas, depois de muitas coisas, fiquei desmotivada e exclui o blog. Até hoje guardo alguns posts daquele blog: o mundo da Chul.

Bem, o tempo passou e eu, como uma jornalista, sabia: era mais do que na hora de tê-lo novamente. A Giovanna chegou (minha bebê de 6 meses) e agora mal tenho tempo para pentear o cabelo. Resisti novamente. Mas lendo os ótimos posts das minhas amigas Andréa (http://andreamdiniz.blogspot.com/) e Ju Fioroto (http://www.millcoisas.blogspot.com/) me animei.

Então, juntei tudo ao mesmo tempo. Ou melhor: a falta dele (o tempo). E nasceu o Quase sem Tempo, meu novo blog. Isso pq não é fácil: sou mãe duas vezes (Gui de 5 anos e Giovanna de 6 meses), quase dona de casa (em breve, muito breve, vou casar e comandar minha casinha), jornalista de moda e de outras coisinhas mais. Quer mais?
Aguarde por aí!