segunda-feira, 11 de maio de 2009

Amor incondicional


Fiquei pensando o que é ser uma boa mãe. A melhor mãe do mundo é, sem dúvidas, a minha. E me inspiro nela para educar e amar os meus filhos. Minha mãe se dedicou integralmente para os filhos (eu e mais dois irmãos) e confesso que gostaria de ser como ela. Antes de me tornar mãe, eu e ela não tínhamos, digamos, tanta intimidade. Na verdade, brigávamos a toa, ela não me entedia. O motivo disso? Somos iguais, temos o mesmo gênio; difícil por sinal. Daí vem as constantes encrencas. Hoje continuamos brigando, às vezes, mas somos amigas. Descobri que ela podia ser minha best friend.


Eu como mãe, muitas vezes, erro – e feio. Dou broncas sem necessidade, perco a paciência, mas sei que no fundo faço isso pensando no bem dos meus filhos. O Guilherme tem 5 anos e é um amor de criança. Posso encher a boca e dizer: meu filho é lindo por dentro e por fora. Tem um coração enorme, é carinhoso, família, amigo, protetor... Ele veio ao mundo para alegrar minha vida, para me fazer pensar no que é a vida, de fato. Ele é meu porto-seguro, meu bálsamo da sorte... Como amo esse meu filho... E vejo como ele me ama, me protege, se preocupa por mim...


Mal sabe ele o quanto eu me preocupo com ele... Mas, às vezes, meu excesso de proteção acaba indo por água a baixo: ele me mostra que não é nada frágil, que não precisa de cuidados excessivos. Ele é feliz com que tem, com a família que conquistou, com os amigos da escola... Daí, penso: “nossa, como sou boba!”. E sei que tudo isso é coisa de mãe!


A Giovanna também veio ao mundo sem pedir licença, assim como seu irmão. A nossa princesinha é tão amada! E mais uma vez, Deus me deu um filho lindo e saudável para eu aprender! Outra lição de vida. E que lição de casa...rs... Ela é doce, boazinha, ainda um bebê de 7 meses, mas já posso imaginar o quanto será querida por todos. Ela veio ao mundo com a missão de me unir com o pai, o Rogério, e fazer a nossa GRANDE FAMILIA uma FAMILIA FELIZ. Tenho ainda um enteado, de 9 anos, que a cada quinzena, exerço meu poder de mãe com ele. Confesso que o carinho fica um pouco travado, por parte dele, mas sei o quanto ele precisa de carinho extra, de atenção...


Meu Dia das Mães foi maravilhoso. Senti que ontem minha vida deu um novo start. Começou ali, novamente.

Um comentário:

  1. Lindo!!!
    ESTOU CHORANDO.... mas por felicidade, afinal eu sei o quanto a sua familia é LINDA por dentro e por fora.
    Sei também o quanto vocês merecem ser felizes, por isso aproveite todos estes presentes de Deus!
    Quando a dificuldade vier (é inevitável), lembre-se: algo melhor esta por vir.
    Bjs,
    Pri

    ResponderExcluir